quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Saudades de escrever o que me vem na cabeça...
Faz um tempinho que não venho aqui para desabafar o que sinto.
Não é nem por falta de ter o que escrever, mas por falta de tempo mesmo.
Está uma correria na minha vida, não sei o que faço primeiro, ou na verdade o que dá tempo para fazer; tenho muita coisa para organizar na minha vida, tanto pessoal quanto profissional.
Estou precisando de um tempo para ficar só e repensar algumas coisinhas que me vem na cabeça, tipo : estudar (que não faço a algum tempo), casamento (coisas pequenas a serem resolvidas), trabalho (muita coisa a pôr em ordem) e outras coisinhas que ficam sempre para depois. 
O tempo está passando rápido demais,  não tenho tempo para nadinha. Acho que tenho mais tempo para os outros menos para mim. 
Saudades do meu primo-afilhado, vontade enorme de dá um cheiro nessas buchechas...affz! Me mata, por não poder fazer isso por enquanto. Pois ele é muito novinho ainda e não quero deixa-lo marcado.
Saudades do mar, onde me faz sentir calma e me lembra uma pessoa inesquecível na minha vida, meu tio que se encontra com Deus hoje. Olho para o horizonte e penso, e repenso em tudo e como seria se ele estivesse conosco; tenho certeza que faria nós muito felizes como sempre fez.
Lembrei dele quando fui ao Cemitério no último domingo visitar o pai de Alisson (meu sogro), chorei... ainda bem que ninguém percebeu. Não gosto que ninguém me veja chorando...rsrs.
Essa semana está sendo cansativa, quanto mais faço e resolvo as coisas, mais tenho a resolver. 
Obrigada meu Deus por essa vida corrida e agitada que o senhor me deu!

P.S.: Amo meu noivo Alisson, amo minha família, saudades de tu Arturzinho!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixa seu recado, sua opinião ou até mesmo seu elogio.

Tarci e a doce espera.