quarta-feira, 29 de setembro de 2010



Todas as cartas de amor são ridículas. Não seriam cartas de amor se não fossem  ridículas. Também escrevi, no meu tempo, cartas de  amor como as outras, ridículas. As cartas de amor, se há amor, têm de ser ridículas . Quem me dera o tempo, em que eu escrevia sem dar por isso, cartas de amor , ridículas. Afinal,só as criaturas que nunca escreveram cartas de amor é que são ridículas...

(Fernando Pessoa)

0 comentários:

Postar um comentário

Deixa seu recado, sua opinião ou até mesmo seu elogio.

Tarci e a doce espera.