sábado, 15 de outubro de 2011

Amar se aprende amando


Meninas estou lendo um livro que ganhamos de um casal do ECC, que tem como título: Amar se aprende amando do escritor Carlos Afonso Schmitt e como tudo que leio compartilho com vocês dessa vez não vai ser diferente. Então vamos a um trecho do livro. 

"Você quer crescer, realizar-se. Ninguém duvida disso. Ninguém duvida do seu sonho encantado de um amor evolutivo. Ele, porém, é exigente e desafiador. O aprendizado desse amor também é evolutivo, diário: cada dia dos trezentos e sessenta e cinco dias do ano.
E então? Está disposto a pagar esse preço?
  • São renúncias que pouco ou nada agradam.
  • São concessões que mexem com nosso orgulho.
  • São pedidos de perdão que o nosso ego detesta.
  • São silêncios que valem ouro, quando a palavra zangada poderia ferir.
  • São mágoas que, decididamente, liberamos para que sentimentos de benquerer se manifestem.
Assim é o amor, o grande mestre: bonito e exigente. Aprender a vivê-lo, diariamente, é a  escol da vida. Somos os seus discípulos, hoje e sempre."

(Amar se aprende amando, Carlos Afonso Schmitt, páginas 8 e 9)

1 comentários:

Deixa seu recado, sua opinião ou até mesmo seu elogio.

Tarci e a doce espera.