quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Primeira Papinha


Eis que todas as mães torcem para o filhote chegar ao sexto mês para que se possa introduzir toda a alimentação necessária, pensamos que vamos ter menos trabalho e muita solução porque ele não vai precisar tanto da mãe quanto antes.
Já havia falado em uma postagem anterior do medo que tinha/tenho do meu filho não ser tão apegado a mim, por causa do laço da amamentação, quando fosse introduzir essa alimentação necessária para ele. Errei nisso, pois ele continua apegado e muito mais carinhoso comigo. Fica na maior graça e gosta de que eu fique brincando e dando gargalhadas com ele.

***

Quanto a alimentação foi bem assim...

No primeiro dia: Fiz a sopa que a pediatra passou, eis que comecei a fazê-la ás nove da manhã e terminei ás onze, nada fácil, cheia de frescura, não pode colocar sal isso ou aquilo outro. Ficou pronta, passei no triturador ficou a papinha, vamos lá, na tentativa de alimenta-lo. Se alguém pensa que essa criança aqui comeu, se enganou, não quis de forma alguma. Dei o suco  de laranja mimo e ele até que tomou, quanto as frutas não tive problema, pois são doces, e ele adora.
No jantar foi a mesma luta, o mesmo sacrifício, e não tive sucesso para que ele colocasse para dentro. Era parabéns para você, era backyardigans, era galinha pintadinha e nada que fizesse o tal milagre da comida acontecer. Fiquei desesperada, porque achei que ele não iria conseguir comer, me sentir a pior mãe do mundo, mas respirei e pensei : " amanhã será outro dia!" 

No segundo dia: Não fui pela receita da médica, resolvi fazer uma sopinha de legumes, no jantar fiz um purê de jerimum, e decidi fazer tudo do meu jeito para que ele comesse tudo. Além de ser tudo mais fácil eu fico tranquila pois ele comeu tudo e encheu a barriga e gostou.

***

Nesses dias de carnaval resolvi optar pelas sopinhas da Nestlé, mas não substitui as frutas e o suquinho que são ótimos  para o desenvolvimento de toda criança.

3 comentários:

  1. Melhor do que qualquer receita é o instinto de mae. Eu nunca fui de seguir muitas receitas... Crio tudo na hora! Hoje com 2 anos, Catarina come e gosta de tudo! Graças a Deus!!!!
    Beijos
    Paula Martinelli
    www.minhamaternidade.com

    ResponderExcluir
  2. Mas que fofura tá esse menino! Olha que sorrisão lindo da tia! rs. Qnto a papinha, não se preocupa flor, é tudo questão de adaptação, costume. Imagine vc, passar 6 meses de sua vida tomando leite como se não existisse mais nada comestivel no mundo... e de repente te colocam algo estranho e viscoso na boca? kkkkk é isso mesmo, é estraaanho! :D

    Vai com calma, de 1ª marcha, que tudo desanda logo! bjão pra vc e pra esse lindão!!

    ✿ A Mais Doce Espera ✿

    ResponderExcluir
  3. Ah viu? Seu neném não te abandonou hahaha. MUito fofo!
    Que bom que ele já entrou nessa fase. Imagino que seja melhor pra vcs dois mesmo.
    Bjkssss

    ResponderExcluir

Deixa seu recado, sua opinião ou até mesmo seu elogio.

Tarci e a doce espera.